segunda-feira, 16 de julho de 2018

segunda-feira, 16 de abril de 2018

Dica para família...


Segundo alguns especialistas, como o educador Marcos Meier, as crianças podem ajudar em casa e isso contribui para o desenvolvimento da mesma.
A atribuição de algumas tarefas diárias desperta na criança o sentimento de autoconfiança e o senso de colaboração, além é claro de contribuir para desenvolver noções de responsabilidade. Porém, o incentivo à criança jamais deve ser posto como uma ordem.

terça-feira, 10 de abril de 2018

Saiu a ganhadora da Rifa....

No dia 05 de abril, período vespertino, aconteceu o sorteio da rifa da Fritadeira AirFryer da Marca Mondial.


Ganhadora: Gresy Kelly Duarte (8ºano)
Número sorteado: 0927
Vendedor: Professor Breno




segunda-feira, 9 de abril de 2018

Aula Ginástica Rítmica - Prof Júlio 9º A





Após assistir a o vídeo onde a ginasta Angélica Kvieczynski explica os aparelhos da ginástica rítmica, acesse o formulário e responda-o.

Clique aqui para responder ao formulário.

segunda-feira, 2 de abril de 2018

Dia Mundial da Conscientização do Autismo


 A data serve para ajudar a conscientizar a população mundial sobre o Autismo, um transtorno no desenvolvimento do cérebro que afeta cerca de 70 milhões de pessoas em todo o mundo. 


Chamamos de Autismo a condição clínica determinada por uma configuração neuropsicobiológica, que tem como resultado dificuldades na interação social, no desenvolvimento da linguagem e na abertura para interesses do mundo ao redor. O autista tem dificuldades importantes na interpretação de elementos não-verbais da linguagem. Isso quer dizer que sinalizações óbvias para nós, como perceber que uma pessoa está triste sem que ela verbalize este sentimento, mas os expresse através de algum gesto. Para o autista é muito complexo perceber (abstrato). Para eles, a rotina é essencial o ambiente deve ser sempre acolhedor. A nossa escola trabalha com todo a comunidade a inclusão de todos os alunos com transtornos e/ou deficiências, para esclarecer sempre e sanar qualquer preconceito.

quinta-feira, 15 de março de 2018

2018 é ano de Comemoração

Sob a Direção de Kélita Faria e Verônica Machado a nossa escola completa 20 anos...

quarta-feira, 7 de março de 2018

segunda-feira, 5 de março de 2018

Aula 8º Ano - Prof Breno



ESCOLA MUNICIPAL ELPÍDIO REIS
EDUCAÇÃO FÍSICA
PROFESSOR: BRENO MOREIRA I H SANTOS

AULA PROGRAMADA OITAVO ANO
Os Jogos Cooperativos surgiram da preocupação com a excessiva valorização que a sociedade moderna atribui à competição. Temos competido em lugares, com pessoas, em momentos que não deveríamos, como se essa fosse a única opção.
Ao contrário de ser uma característica única e inerente à espécie humana, a competição e a cooperação são valores culturais, ou seja, são valores e atitudes construídas pela educação formal e informal.
Os Jogos Cooperativos são jogos com uma estrutura alternativa onde os participantes jogam COM o outro, e não contra o outro. Joga-se para superar desafios e não para derrotar os outros; joga-se para se gostar do jogo e pelo prazer de jogar. São jogos onde o esforço cooperativo é necessário para se atingir um objetivo comum e não para fins mutuamente exclusivos.
Estes Jogos são estruturados para diminuir a pressão para competir e a necessidade de comportamentos destrutivos, para promover a interação e a participação de todos e deixar aflorar a espontaneidade e a alegria de jogar.


JOGOS COOPERATIVOS

JOGOS COMPETITIVOS
VISÃO DE QUE “TEM PRA TODOS”
VISÃO DE QUE “SÓ TEM PRA UM”
OBJETIVOS COMUNS
OBJETIVOS EXCLUSIVOS
GANHAR JUNTOS
GANHAR SOZINHO
JOGAR COM
JOGAR CONTRA
CONFIANÇA MÚTUA
DES-CONFIANÇA / SUSPEITA
TODOS FAZEM PARTE
TODOS À PARTE
DESCONTRAÇÃO / ATENÇÃO
PREOCUPAÇÃO / TENSÃO
SOLIDARIEDADE
RIVALIDADE
DIVERSÃO PARA TODOS
DIVERSÃO À CUSTA DE ALGUNS
VONTADE DE CONTINUAR JOGANDO
PRESSA PRA ACABAR COM O JOGO


ATIVIDADES

NOME: DESCOBRIR O QUE ESTÁ MUDADO
IDADE: Todas
OBJ. ESP.: Memória, perspicácia, observação
LOCAL: Ar livre e sala
Formação: círculos
Organização: pede-se a um aluno que deixe o local e faz-se algumas modificações
Execução: quando o aluno voltar o grupo começará a contar aumentando ou diminuindo a intensidade do canto à medida que ele se aproxima ou afasta do que mudou.

NOME: PERSEGUIR A BOLA
IDADE: Todas
OBJ. ESP.: Astúcia, rapidez, agilidade
MATERIAL: Bolas
LOCAL: Ar livre
Formação: duas colunas em posição fundamental. O primeiro de cada equipe com uma bola.
Execução: o primeiro de cada coluna lança a bola o mais longe possível no terreno do fogo. Isto feito, todos deverão correr para reformar a coluna atrás da bola atirada pela coluna contrária. Vencerá a coluna que se reformar em primeiro lugar.